TAG: Descreva a si mesmo em 3 Livros

09:00:00 1 Comments A+ a-

TAG: Descreve a si mesmo em 3 Livros

Oi, gente!

Essa tag rolou no facebook e eu decidi colocar aqui no blog porque sim. Acho que é uma forma muito legal de se conhecer alguém, através de livros e coisas que eles gostam -- especialmente para entender como eles se veem.

Escolhi descrever a mim mesma com 3 livros da minha estante: 


TAG: Descreve a si mesmo em 3 Livros


Fangirl, da Rainbow Rowell.

O livro conta a história de Cath, uma garota de 18 anos que acabou de chegar na Universidade. Ela escreve fanfics de Simon Snow (o Harry Potter daquele universo) e é famosa no mundo das fanfics por sua Carry On. Ela tem uma irmã gêmea que costumava escrever com ela, mas que decide se reinventar na faculdade. E o livro é muito sobre a Cath se encontrando no mundo.
Eu comecei a realmente escrever, compor tramas e arcos e tal com fanfics e só isso já bastaria para esse livro me definir muito, mas quando eu li eu estava justamente saindo da faculdade e pude me encontrar em muitos momentos com a Cath. Me representa de cabo a rabo.

TAG: Descreve a si mesmo em 3 Livros


Cidades de Papel, John Green.

Conta a história de Quentin, um garoto normal que está nos últimos dias de escola antes de entrar para a faculdade. Ele é apaixonado por sua vizinha, Margo, e quando ela desaparece, Quentin acredita que ela deixou pistas para trás, para que ele pudesse encontrá-la.
É um livro que me descreve muito porque fala sobre como o "normal" é diferente para cada um de nós e sobre como é OK ser quem você é, mesmo que para os outros não pareça ser nada extraordinário. Também fala muito sobre como nós construímos imagens sobre as pessoas que amamos que nem sempre é a realidade, sobre como temos expectativas -- muitas vezes irreais -- sobre os outros e nos frustramos e chateamos quando eles não atingem essas expectativas.

TAG: Descreve a si mesmo em 3 Livros


Chick Lit - The New Woman's Fiction, Suzanne Ferriss e Mallory Young

É um livro que conta a história do chick lit, basicamente. Fala sobre as diferentes vertentes que nasceram dele, sobre o que eles representam, em especial para a nova leva de mulheres que escrevem ficção de massa -- e as mulheres que leem essas ficções.
Foi um livro base para o meu TCC e me apeguei muito a ele. Eu nunca havia dado muita bola para o chick lit e quando comecei a ler esse livro percebi que ele foi muito importante para dar destaque aos escritos de mulheres e, especialmente, mostrar quão engraçadas as mulheres podem ser. Colocou muita gente no topo, brigando com livros escritos por homens e trouxe alguns clássicos modernos qe acompanharam a vida de jovens mulheres e inflaram confiança. Foi definitivamente um livro que me ensinou a ter orgulho do que eu escrevo e amor pelo que faço.

E vocês? Alguém já participou da brincadeira no facebook? Quais as suas respostas? 

Geminiana brava, adora ler, adora tv e adora cinema. Apaixonada por personagens fictícios, pipoca e praia no inverno. Twilighter para sempre, Shadowhunter convicta com um sonho de se tornar a sassenach de alguém. Soberana de uma terra de sonhos, tem paixão por escrever e falar. Acima de tudo, gosta de falar do que gosta!

1 semearam palavras:

Write semearam palavras
28 de setembro de 2016 18:27 delete

Olá, Bibs!
Vi sua postagem no grupo Blogueiros literários e vim dar uma conferida!
Adorei essa tag, pretendo fazê-la um dia :)
Desses três livros que te identificam eu só conheço Cidades de Papel, até tenho ele aqui, mas ainda não o li. Tenho tantos livros que poderia escolher pra essa tag que fico até em duvidas rs trás é tão pouco rs

Adorei seu blog!
Grande beijo!

Reply
avatar

Adicione o seu ponto de vista, colabore!