A Importância dos Leitores Beta

09:00:00 0 Comments A+ a-

A Importância dos Leitores Beta


Eu estive na bienal do livro de São Paulo durante o primeiro fim de semana e, ao participar de um bate-papo no estande da Amazon e depois conversando com alguns aspirantes a escritores como eu, percebi que muita gente não tem exatamente noção da importância dos leitores beta para as suas histórias.

Então decidi falar um pouco sobre a minha experiência por aqui.

Eu descobri leitores betas no momento em que comecei a escrever fanfics do Simple Plan, lá quando eu tinha meus 14/15 anos. Naquela época os betas serviam para duas coisas: corrigir seus erros gramaticais e massagear seu ego. Mas conforme eu fui crescendo (em idade e no meio das fanfics), mudando de fandom e escrevendo cada vez mais, minha percepção sobre os betas mudou. Mudou basicamente, também, porque comecei a entender que os "betas" de jogos, são as pessoas que testam as plataformas em busca de qualquer problema.

O que me fez perceber que os betas não precisavam, necessariamente, corrigirem apenas erros gramaticais. Mas que também podiam me alertar para possíveis confusões na trama ou mesmo e sobre as percepções que eles fazem da história para que eu pudesse sentir a reação do público.

Entender que os betas são os primeiros leitores foi o passo inicial para que eu entendesse o quão importantes eles eram para o meu trabalho.

A Importância dos Leitores Beta

Quando a gente começa uma história é inevitável viver dentro dela. Nós sabemos tanto sobre os personagens, a ambientação e a trama que tudo parece correr sem problema algum. Mas a verdade é que nem tudo que você sabe sobre os personagens ou a ambientação, vai ser usado enquanto você escreve e talvez, a maneira que você está usando para narrar a história ou a quantidade de informação e a ordem dessas informações não estão claras o suficiente para os seus leitores.

Os leitores betas são importantes porque vão ser seus olhos. Eles vão ler a sua história, te passar a percepção que tiveram e permitir que você possa enxergar a história pelos olhos deles, pelos olhos de alguém que nunca teve contato com aquela história antes e que precisará avalia-la apenas pelo que você está colocando ali.

Então não, você não pode achar que a sua história não faz "o perfil de história que precisa de leitor beta", porque toda história precisa de leitor beta. Precisar de um beta não quer dizer que você não sabe escrever ou que sua história é ruim ou qualquer coisa do tipo. Um leitor beta é sobre a sua história e sobre atingir todo o potencial que ela tem a oferecer.

Na hora de escolher seus betas, comece por aqueles em quem você pode confiar, uma vez que estará passando um arquivo não publicado. Escolha também pessoas com idades diferentes e dos dois sexos, pessoas com um senso crítico apurado e que entendam que não vão magoar você quando apontarem momentos da história que para eles foram confusos/mal explicados/pouco aprofundados/fora do padrão que você estabeleceu, que entendam que o trabalho deles é justamente serem honestos e sinceros, para que você possa avaliar se é um erro na construção da história ou apenas a falta de identificação daquele publico específico com o gênero.

A Importância dos Leitores Beta
O feedback do beta não é sobre você, é sobre o seu livro.

Uma boa leitura beta pode te mostrar, além dos pontos confusos ou pouco explicativos que você precisa trabalhar mais, os pontos fortes da sua obra que podem ser explorados na hora de vendê-la. 

Enquanto eu escrevia meu livro, marquei algumas cenas e quotes que achei que seriam os pontos fortes para os leitores. E agora que estou recebendo os primeiros feedbacks, estou percebendo que coisas que eu havia taxado como banais e sem importância, estão interessando os leitores e podem ser pontos legais que ajudem na divulgação.

É sempre bom ter um novo par de olhos na sua história, porque muitas vezes já estamos tão cansados e envolvidos que podemos deixar passar algo.

Também é importante lembrar que um leitor beta não é co-autor ou editor da sua história. A opinião dele é baseada unicamente na história e os pontos que ele levantar sobre a leitura devem ser avaliados juntamente com a posição dos outros betas antes de tomar uma decisão. Não são eles que escolhem o que e como mudar a sua história, é você. 

Para ajudar o seu beta a mostrar suas percepções, você pode montar um formulário com algumas questões. O meu eu fiz baseado em alguns que achei na internet, com pontos que eu achava importante serem avaliados no meu livro como a identificação do leitor com os personagens e coisas do gênero.

Para não me estender muito e me perder por aqui, deixo vocês com o vídeo da Claudia Lemes, autora de Eu Vejo Kate, que falou um pouco sobre leitores betas também. O vídeo é bem completo.


Geminiana brava, adora ler, adora tv e adora cinema. Apaixonada por personagens fictícios, pipoca e praia no inverno. Twilighter para sempre, Shadowhunter convicta com um sonho de se tornar a sassenach de alguém. Soberana de uma terra de sonhos, tem paixão por escrever e falar. Acima de tudo, gosta de falar do que gosta!

Adicione o seu ponto de vista, colabore!